Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

Frente a frente

Frente a frente

dois mudos,

dois mundos.

 

Frente a frente

dois universos,

dois regressos.

 

Frente a frente

dois desejos,

dois anseios.

 

Frente a frente

dois destinos,

dois retornos

 

Frente a frente

dois sonhos,

dois caminhos.

 

Frente a frente...

as lágrimas não têm dono

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.