Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

Do baú... #5

Cinquenta anos, cinquenta palavras

 

Foram as palavras que nos aproximaram,

Os ruídos que nos ameaçaram,

Os desejos que se revelaram.

 

Brotaste ao mundo novas vozes,

Flores regadas com lágrimas e suor.

Obras-primas de noites tórridas.

 

Ora, cinquenta palavras passadas,

Não há tempo para lembrar o passado.

Unicamente para te amar.

 

Amadora, 11 de Maio de 2007

8 comentários

  • Imagem de perfil

    José da Xã 24.06.2020

    Obrigado Maria.
    Gozaste muito o São João?
  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 24.06.2020

    Só fui jantar, depois jogamos Pictionary com os miúdos, e regresso a casa.
    Os meus irmãos trabalharam,hoje.
    Beijinho
  • Imagem de perfil

    José da Xã 24.06.2020

    Ohhhh que pena.
    Para o ano se tudo correr bem vou até Braga. Marco hotel e depois vamos para a coboiada..
  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 24.06.2020

    Coboiada???
    E dizes tu que és velho!
    Comigo para a coboiada não vais.
    Coboiada era na juventude.
    Agora,quero descanso e boa companhia para conversa.

  • Imagem de perfil

    José da Xã 24.06.2020

    Comigo só conversas da treta...
    ahahahahahahah!
  • Imagem de perfil

    Maria Araújo 25.06.2020

    Doido!
  • Imagem de perfil

    José da Xã 25.06.2020

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.