Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.



Sexta-feira, 18.10.19

Desafio de escrita dos pássaros #6

Mote: "O Amor, uma cabana… e um frigorífico"

 

Estava tão embrenhado na revisão dos textos que acabara de escrever para o jornal que nem deu pelo telemóvel tocar, principalmente por aquele estar sem som. Eram quase 22 horas de uma sexta-feira invernosa.

Lá fora a chuva, sempre tão escassa, caía em torrentes quase diluvianas e o vento ajudava ao temporal. Um sopro sibilino, de alguma janela mal fechada, escutava-se…

Quando Malquíades descolou finalmente o olhar do monitor e o endossou para o aparelho telefónico que jazia a seu lado na secretária, percebeu que alguém lhe estava a tentar ligar.

Pegou nele e leu: Beatriz!

- Olá!

- Olá? Está tudo bem contigo?

- Sim.

- Pronto era só para saber…

Malquíades percebeu na voz da interlocutora algo que se assemelhava a um sarcasmo. Achou profundamente estranho, já que não era costume. Porém e sem saber muito bem porquê perguntou:

- Passa-se alguma coisa?

- Oh não, nada… Estás a trabalhar, não é?

- Sim.

Os monossílabos a imporem-se no diálogo de Malquíades… Como sempre!

- Vá fica bem e até amanhã.

- Até amanhã… - todavia a forma fria distante como do outro lado da linha se despediu denotava que algo estaria errado. Não percebia bem o que seria.

Beatriz desligou a chamada e Malquíades acabou de rever os textos. Ergueu-se por fim, espreguiçou-se, saiu calmamente do escritório e dirigiu-se à cozinha para recarregar a garrafa de água que sempre o acompanhava.

Recordou naqueles breves metros toda a história com a namorada. O seu olhar quase viperino que desconstruíra o coração da jovem, a paixão arrebatadora, depois transformada em amor profundo. O pedido estúpido e idiota que fizera a Andrelino para falar com ela, pedindo-lhe namoro por ele. Aquela tarde à beira-mar quando o sol se escondia por entre nuvens, céu e mar e onde ambos fizeram juras, tal qual os romances de cordel de um amor e uma cabana. Os segredos trocados ou melhor os segredos que Beatriz confessou perante o silêncio permanente do rapaz.

Encheu a garrafa virou as costas ao lava-loiça e reparou que na porta do frigorífico na parede oposta havia algo estranho. Aproximou-se devagar. Preso com um daqueles ímans trazidos do estrangeiro por um qualquer amigo, encontrou um papel escrito. Leu-o:

- Sexta-feira, 20 horas jantar com a Beatriz.

O seu coração quase explodiu. Procurou as horas de forma apressada no telemóvel e concluiu:

- Xiiiiiiiiii… grande bronca, esqueci-me completamente do jantar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José da Xã às 15:00


28 comentários

De Maria Araújo a 18.10.2019 às 15:13

Ah,ah,ah!
Gostei!

De José da Xã a 18.10.2019 às 15:44

O Malquiades no seu... pior!
Bom fim de semana.

De Dona Pavlova a 18.10.2019 às 16:59

Ai! Ai! Ficavas a pão e a água duas semanas ;)

De José da Xã a 18.10.2019 às 17:07

Tadinho do jovem...
É inexperiente na relação com o eterno feminino.
Ahahahahah!
Bom fim de semana.
Ps: hoje comi um "abade de priscis" divinal.

De Dona Pavlova a 18.10.2019 às 17:16

com toucinho ou sem?!

De imsilva a 18.10.2019 às 18:34

Belíssima sequência, Malquíades não falha...só um esquecimentozinho.

De José da Xã a 18.10.2019 às 21:32

O Malquíades é um rapaz muito certinho... falha sempre!

De Sarin a 18.10.2019 às 20:02

Era capaz de me dar bem com o Malquíades, esquecíamo-nos à vez :))

Não sei se ela o meteu numa cabana, mas desconfio que de pão e água não se livrou durante uns dias :D:D:D

De José da Xã a 18.10.2019 às 22:09

Permanece a dúvida...
E eu também (ainda) não sei como acabou este episódio...
Bom fim de semana.

De Alexandra a 19.10.2019 às 00:36

Essa Beatriz é uma tótó, ligava-lhe mais cedo para o lembrar... tadinho!!
IMalquíades

De José da Xã a 19.10.2019 às 06:32

Ai se a Beatriz sabe...

De Triptofano! a 19.10.2019 às 07:44

Faltou-me aqui um pedaço da história!!! Então se há duas histórias atrás a Beatriz disse que não como é que acabou por dizer que sim? Por favor não deixe a minha alma inquieta com tal dúvida!
E mais importante ainda, a Beatriz enquanto esperava para jantar encheu-se de gressinos ou passou uma larica daquelas à antiga?

De José da Xã a 19.10.2019 às 08:22

Ponto 1 - a Beatriz disse que não ao Andrelino amigo do Malquíades;
Ponto 2 - creio que comeu uma sandes de fraqueza e um pastel de nenhum.
Ahahahahah.
Bom fim de semana.

De Sónia a 20.10.2019 às 03:46

O que posso dizer...homens (alguns)...mas fui casada com um assim...exactamente assim...horas e datas eram mesmo para esquecer.
Bom texto.

De José da Xã a 20.10.2019 às 09:26

Acredita que não conheci o teu ex...
Mas reconheço que é frequente esta postura masculina.
Bom domingo!

De Maria Sá a 20.10.2019 às 17:37

Que bronca, Malquíades...

De José da Xã a 20.10.2019 às 18:04

Estou a imaginar...
Ahahahahahahaha!

De Charneca em flor a 20.10.2019 às 17:55

Ai, ai não há nada que não aconteça ao Malquíades. Punha um aviso no telemóvel. Bolas, também não resultava porque estava no silêncio. Não há remédio para o Malquíades

De José da Xã a 20.10.2019 às 18:05

Tem de haver...
Se calhar uma loção capilar...
Bom resto de Domingo.

De Fatia Mor a 20.10.2019 às 23:36

Uiiiii.... Espero ver a volta que isto vai dar nos próximos capítulos!

De José da Xã a 21.10.2019 às 07:07

Tudo depende dos exercícios que nos forem propondo.
Antes disso será especulação.
Boa semana.

De Belinha Fernandes a 21.10.2019 às 23:54

Mas essa Beatriz não dizia que não a tudo? Como é que aceitou jantar com o Malquíades? De que artes é que este se valeu para lhe dar a volta? É isso que me intriga. ;)

De José da Xã a 22.10.2019 às 11:59

Eis o esclarecimento devido:
a Beatriz disse que não a Andrelino o amigo de Malquíades, quando aquele a pedido foi falar à Beatriz sobre um possível namoro com o Malquiades.
Beatriz achou que deveria ser o pretendente a falar com ela. Depois deve ter havido conversas entre os dois...
Digo eu...

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.