Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

Fuga!

Naquela distante linha do horizonte há

um segredo por desvendar,

um desejo por realizar,

uma lágrima por chorar,

uma mentira por denunciar,

um farol para orientar,

uma luz para aceitar,

um sentido para a vida.

 

Diz-me então porque foges?