Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.

Poema simples III

És um poeta! Anunciou vaidoso

 

Porém numa chispa de lucidez
Devolvi em natural pensamento

Se seria a modéstia, talvez

Que via na graça um tormento.

 

Ninguém diz ao ferreiro que o é,

Ele sabe por detrás da bigorna.

Ninguém clama pelo cavador José,

Que fende a preceito a terra madorna.

 

Poeta não é rasgar as palavras...

É senti-las. Tactear o veludo da vida

Da epiderme das almas ilécebras,

E amar sem destino a dor perdida.

 

Poeta é chamar a nós a ternura,

Sonhar e crer que tudo é real.

Desfazer-se em torrentes de amargura,

Sofrer como se tudo fosse igual.

 

És um poeta, repetiu garboso.

 

Eu então sorri...

E respondi:

És um mentiroso

 

 

Poema simples II

No silêncio secreto da noite

o amor tem mais calor, renasce.

 

Nos passos denunciados dos amantes

o medo tem mais força, treme,

 

No desabrochar das flores

o aroma tem mais encanto, perde-se.

 

Finalmente quando se acorda,

o sonho prende-nos a esperança, vivemos.

Quase soneto

Quantas palavras escrevi sem sentido?

Que sonhos tive eu que se perderam?

As lágrimas salgadas de um vendido

São chamas lúgubres que se apagaram

 

Apetece-me roubar esta face ao mundo

Para que possa alimentá-la sozinho

Queria sim sentir toda a alma a fundo

A raiva, o desespero de um fim maninho

 

Hoje os meus passos são já diferentes

Daqueles que caminhei em tempos

São doentios, cobardes e abafados.

 

Dia após dia os meus gestos quentes,

Tornam-se tristes. Agora nos campos

Nascem árvores, flores ou cardos.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D