Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.



Sábado, 10.05.14

Frente a frente

Frente a frente

dois mudos,

dois mundos.

 

Frente a frente

dois universos,

dois regressos.

 

Frente a frente

dois desejos,

dois anseios.

 

Frente a frente

dois destinos,

dois retornos

 

Frente a frente

dois sonhos,

dois caminhos.

 

Frente a frente...

as lágrimas não têm dono

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por José da Xã às 19:02


2 comentários

De meninaquenaosabenada a 28.06.2014 às 07:06

Frente a frente duas pessoas,tu e eu,eheheh!! Muitos beijinhos e tudo de bom para ti,gostei imenso deste teu poema!!

De José da Xã a 28.06.2014 às 23:00

Num espelho há sempre duas pessoas: a que vemos fisicamente e se encontra reflectida e aquela que somos realmente.
Neste frente a frente é por assim dizer um jogo de figuras.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogues Importantes