Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

José da Xã

Escrever mesmo que a mão me doa.



Domingo, 03.06.12

Trilhos Privados – XXV - Confissão

Para Genoveva aquela história da aflição de Célia tinha muitas pontas soltas. A jovem sempre fora uma miúda difícil. Herdara a beleza da mãe e a idiotice de um pai demasiado distante. Crescera assim apoiada em si. Ela fora realmente a mãe, a amiga e a confidente. Todavia nos últimos dias as coisas, nem sabia bem porquê, haviam-se complicado. Algo acontecera à menina para tamanha transformação… E aquela reacção de manhã mais sustentava as suas suspeitas. Realmente Genoveva reparara num chinês no funeral do patrão, mas jamais pensara numa relação entre Célia e aquele chinês. Ele parecia muito mais velho que ela e nem tinha qualquer aspecto de ser professor… Ali havia coisa.

Andava Genoveva de volta da casa a tentar arrumar ainda as últimas coisas após um funeral, quando olhou para a televisão e viu o irmão a passar por detrás da repórter que falava em directo. Num ápice correu ao seu telemóvel e ligou para o irmão que vira nessa madrugada. Esperou que ele atendesse, mas sem êxito. Esperou que viesse a notar e devolvesse a chamada. Ainda não haviam decorrido cinco minutos  e o aparelho tocou:

- Estou Zeca… Ficas bem na televisão!

- Olá Gi… Ainda gozas. E para isso que me ligaste?

- Não. Tu estás com o caso do chinês?

- Não posso dizer nada.

- Sabes que a Célia, a menina cá de casa, viu a notícia logo de manhã e ficou num desespero total…

O assunto chamou a atenção de Zeca.

- Como assim? – perguntou à irmã.

- Ela ficou muito aflita e disse uma quantidade de coisas que realmente não me faziam sentido mas se calhar para ela faziam…

- Oh pá isso é algo que pode ser muito importante. E onde é que ela está agora?

- Deve estar nas aulas. Levou o carro, portanto…

- Vou-lhe fazer uma visita…

- Mas toma cuidado… O pai morreu há dois dias.

- E eu não sei…

Desligaram. Enquanto Genoveva voltava à lida da casa Francisco pegou no seu Fiat e rumou a Lisboa. Esperou pacientemente que Célia saísse após as aulas. Quando a viu ao longe quase a atravessar os portões aproximou-se e interpelou-a:

- Boa tarde menina Célia.

- Eu conheço-o…

- Pois conhece sou o irmão da Genoveva.

- Ah pois é. Como está?

- Muito bem e a menina?

- Vou andando… bem - havia obviamente na voz da miúda uma mentira velada.

- A menina sabe o que faço na vida?

- Não.

- Sou da polícia Judiciária.

As faces bonitas de Célia tomaram uma cor rubra que denunciava o temor que a atormentava. Ainda assim aguentou o primeiro embate e foi dizendo:

- Sim e o que é que eu tenho a ver com isso?

Zeca usou da sua voz calma mas inflexível e questionou:

- Não conhece um chinês de nome Heng Yong?

Célia tremia agora. Mas corajosa, negou. Zeca sabia que ela mentia. Contudo precisava que fosse ela, de livre vontade a falar, do que ele a obrigá-la. Tinha de mudar de estratégia.

- O chinês que lhe falei foi assassinado esta madrugada. O que eu quero é precaver que mais alguém venha a morrer por causa dele…

A jovem deixou que duas lágrimas rolassem cara abaixo. Com a palma da mão Célia limpou o rasto. Olhava agora o céu, como se quisesse pedir a alguma divindade que a ajudasse na decisão que teria de tomar. Sabia de antemão que desde o momento em que contasse todos os seus últimos acontecimentos, colocar-se-ia claramente, numa situação muito melindrosa tanto para ela como para a mãe. Expirou fundo e já lavada em lágrimas, assumiu:

- Eu conheci sim o senhor Heng…

- Quem era ele?

- Não sei…

- Como não sabes?

- Não sei, pronto. Viu-o uma vez num restaurante no Estoril… e só o vi no funeral do meu pai…

- Espera lá… O que estavas a fazer no Estoril?

- Essa é que é uma história muito complicada…

 

José da Xã

Autoria e outros dados (tags, etc)

por José da Xã às 21:41



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogues Importantes